skip to Main Content

7 dicas infalíveis para tratar e evitar assaduras no bebê

7 dicas infalíveis para tratar e evitar assaduras de bebê

As assaduras de bebê, também conhecidas como dermatite de fralda, são muito comuns e mesmo com cuidado e carinho, nem sempre é possível impedir que elas apareçam. Mas existem algumas dicas muito eficientes que vão ajudar a prevenir essas assaduras e a tratá-las, caso elas surjam. Continue a leitura e saiba como!

Como surgem as assaduras no bebê?

Assaduras surgem, principalmente, da combinação de calor, umidade e acidez. Quanto mais prolongado for o contato da pele do bebê com a urina na fralda, mais irritada ficará a epiderme, provocando a inflamação que chamamos de assadura. A sensação para o bebê é de queimação e a permanência da fralda molhada é o principal fator responsável por isso.

Além da baixa frequência de troca da fralda, outras causas de assaduras são a predisposição familiar, a diarreia, uso de antibióticos, uma dieta com grande quantidade de proteína (carnes e leite) e novos alimentos introduzidos na alimentação do bebê.

Veja agora como você pode evitar que as assaduras apareçam e como tratá-las, se surgirem. Como evitar as assaduras no bebê?

1. Não deixe o bebê com fralda molhada

As fraldas não evitam que a urina chegue à pele do bebê; apenas diminuem a quantidade que entra em contato com ela. Assim, troque a fralda toda vez que perceber que está molhada.

2. Evite utilizar lenços umedecidos para limpar o bebê

Embora sejam muito práticos e cheirosos (como viver sem eles?), os lenços umedecidos podem secar e irritar ainda mais a pele do bebê. Deixe-os apenas para as saídas. Adote, no lugar dos lenços, água morna com um pouquinho de sabonete neutro para fazer a limpeza, utilizando um algodão macio. O sabonete diminui o atrito com a pele, além de limpar.

Se houver evacuação, lave as partes necessárias. Se não for possível, use a mesma tática da água morna.

3. Use fraldas folgadas

Quanto mais justas as fraldas, maiores as chances de haver irritação da pele. Portanto, prefira fraldas mais largas. A pele do bebê agradecerá.

4. Leve o bebê para tomar banho de sol

Tomar sol na região onde costumam aparecer as assaduras (antes de aparecerem) ajuda a evitá-las; o horário ideal é antes das dez horas da manhã ou depois das quatro horas da tarde, durante cerca de cinco minutos.

Como tratar as assaduras de bebê?

5. Deixe o bebê mais tempo sem fraldas

O tempo que ele passa sem fraldas é o tempo que auxilia na recuperação da área afetada e que permite a ventilação das áreas atingidas.

6. Use um creme protetor de pele

Existem diversos cremes no mercado, próprios para assaduras de bebê; aqueles contendo petrolato, calêndula e óxido de zinco protegem a pele e auxiliam a regeneração local.

7. Faça infusão de camomila no banho

Prepare uma infusão de camomila: coloque três sachês de camomila em meio litro de água fervente, tampe, apague o fogo e deixe até amornar. Retire os saquinhos, descarte e coloque a infusão na água do banho (dentro da banheira). Proceda normalmente com o banho; o importante é que o bebê passe um tempo com a área afetada pela assadura imersa na água.

Bebês têm a pele muito delicada; a região onde as assaduras aparecem é cerca de três vezes mais delicada e fica ainda mais sensível nos períodos mais quentes do ano, por isso é preciso ter uma atenção especial.

Agora que você conferiu as dicas de como cuidar de assaduras de bebês, que tal compartilhá-las com outras mamães nas redes sociais?

Compartilhe:
Este artigo tem 4 comentários
  1. Olá muito bom o conteúdo do seu artigo, concerteza as crianças precisão de uma alimentação boa e saudavel, espero ter contribuido comentando em seu site. Até mais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
×Close search
Buscar