skip to Main Content

Atividade física: conheça os benefícios para quem tem mais de 50

Atividade física: conheça os benefícios para quem tem mais de 50

 

atividade-fisica-conheca-os-beneficios-para-quem-tem-mais-de-50

Com o avançar da idade, diversos problemas de saúde tendem a aparecer. Muitas pessoas desenvolvem doenças crônicas, como a hipertensão e o diabetes, que precisam de controle constante e exigem o uso de medicamentos. Também é comum surgirem doenças articulares, como a artrite e a osteoporose. Mas você sabia que uma das formas mais eficientes de evitar esses transtornos é aproveitando os benefícios da atividade física?

Neste post, mostraremos a você qual é a importância de praticar atividades físicas regularmente, especialmente para aqueles que já passaram dos 50 anos. Continue a leitura e tire suas dúvidas!

Os principais benefícios da atividade física depois dos 50

Maior expectativa de vida

Um estudo realizado na Inglaterra com homens acima de 50 anos que nunca tinham praticado nenhum tipo de exercício mostrou que a prática de atividades aumenta a expectativa de vida. Foram, no total, 2.200 pacientes analisados durante 30 anos.

Os resultados foram impressionantes: a taxa de mortalidade caiu em 32% entre os que passaram a praticar exercícios diariamente em comparação ao grupo que não praticava. Para aqueles que não praticavam exercícios todos os dias, a redução foi de 22%.

Outra vantagem foi que, após 10 anos praticando exercícios, essas pessoas que eram sedentárias alcançaram o mesmo vigor de outras que já praticavam atividades físicas há mais tempo. Isso prova que nunca é tarde para se exercitar, e você pode melhorar sua qualidade de vida começando hoje mesmo.

Mente saudável

A mente também sofre com o envelhecimento do corpo. Um conjunto de alterações cognitivas podem aparecer após os 50 anos, afetando tanto o comportamento quanto a personalidade. A essas mudanças, damos o nome de doenças senis — ou seja, doenças que atingem o cérebro de muitos idosos —, e as mais conhecidas são o mal de Alzheimer e a demência.

Os ganhos que a prática frequente de exercícios oferece para a mente são diversos. Um dos mais importantes é o aumento da neuroplasticidade — capacidade de realizar conexões entre os neurônios —, ajudando a mente e o raciocínio a funcionar melhor. Uma rotina ativa diminui também os riscos de atrofia do cérebro, especialmente na região da memória.

Outro benefício é a melhora do humor. Depois dos 50 anos, os adultos podem passar por uma fase difícil em suas vidas: os filhos já não moram mais em casa e têm suas próprias famílias, está chegando a época de se aposentar e ainda há o preconceito contra o idoso.

Tudo isso, entre outros fatores, podem contribuir para o desenvolvimento de doenças psiquiátricas, como a depressão. Nesse sentido, a prática de exercícios ajuda a liberar a serotonina, uma substância que oferece prazer e bem-estar.

Músculos mais fortes

A partir dos 50 anos, a perda de massa muscular começa a acontecer de forma acentuada, e a força pode diminuir cerca de 1,5% por ano. Entre os 50 e os 80 anos, a perda muscular pode chegar a 40% e, por conta disso, fica muito mais fácil ter problemas articulares e dores em diversas partes do corpo. O enfraquecimento e encurtamento dos músculos também pode levar ao desenvolvimento de problemas ósseos ou nervosos.

Quanto mais os músculos são trabalhados, menor é a perda muscular e maior é o fortalecimento. Se você passa muito tempo sentado e é uma pessoa sedentária, por exemplo, há chances de desenvolver problemas de saúde como a hipertensão arterial ou até mesmo a obesidade. Algumas pessoas podem sofrer até com perda de mobilidade e dificuldade para se movimentar por conta da falta de atividades físicas.

O fortalecimento dos músculos é um dos grandes benefícios de praticar atividades físicas, pois ajuda a evitar problemas graves, como a osteoporose. Isso acontece porque, quando praticamos exercícios, os músculos são tracionados assim como os tendões. E como tudo está ligado aos ossos, essa tração faz com que a matriz óssea trabalhe mais para criar mais células ósseas (osteoblastos), tornando os músculos e os ossos mais fortes.

Articulações mais resistentes

Como você viu, uma das maiores causas dos problemas articulares é a fraqueza muscular. Quando os nossos músculos estão frágeis, eles não conseguem oferecer o suporte e o equilíbrio necessários para evitar quedas, torções e outros problemas que podem acontecer na rotina do idoso. Nesse contexto, a prática de atividades físicas não melhora apenas a lubrificação das articulações, mas também fortalece os músculos, evitando uma série de problemas no corpo.

Como evitar as lesões

Pessoas com mais de 50 anos têm mais chances de sofrer com lesões musculares, ósseas e articulares por todos os motivos já citados anteriormente. Elas também sofrem mais risco de quedas, que podem representar um problema ainda mais grave no caso de fraturas ósseas.

Veja abaixo algumas formas de evitar as lesões:

Tenha uma alimentação balanceada

alimentação é o fator de maior importância para a nossa saúde, e para aproveitar os benefícios da atividade física, você não pode descuidar dela. Portanto, procure manter uma alimentação balanceada e de acordo com as necessidades dessa nova fase da sua vida.

Consulte um nutricionista e/ou um nutrólogo para identificar quais nutrientes estão faltando na sua rotina e no seu organismo. Para te ajudar a manter os níveis em dia, o profissional poderá receitar o consumo de suplementos — como os de cálcio e colágeno —, que contribuem para deixar os ossos mais fortes e as articulações mais resistentes.

Pratique exercícios com uma intensidade compatível

A empolgação dos primeiros dias de exercícios físicos é bastante comum, e por isso é preciso ter alguns cuidados. Afinal, o excesso de treinamentos e a prática de forma intensa podem causar efeitos indesejados no organismo.

Tenha em mente que os músculos precisam estar devidamente preparados para receber uma carga de treinos, e isso só ocorre de forma gradual. O ideal é buscar orientação profissional de um educador físico, que poderá montar uma rotina de treinamento adequada à sua idade e ao seu estilo de vida. Antes de começar a praticar, portanto, vá ao médico e faça todos os exames necessários.

Use um calçado adequado

Algumas pessoas apresentam uma pisada pronada ou supinada, ou mesmo um pé plano ou cavo. Essas modificações ocorrem durante o nosso crescimento e precisam ser corrigidas, pois podem favorecer uma lesão ligamentar ou articular durante um exercício como a corrida.

Para contornar o problema, é possível adquirir uma palmilha especializada para a prática de atividades ou pode comprar um tênis que já seja apropriado para as suas necessidades. Muitas marcas tem investido nessas inovações e aprimorado seus sistemas de amortecimento, então não deixe de procurar o modelo ideal para você.

Mais um dos importantes benefícios da atividade física que não citamos aqui é a melhora do desempenho sexual. Quer entender como isso acontece? Veja agora como você pode aprimorá-lo!

Drogaria Liviero!

Compartilhe:
Este artigo tem 1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
×Close search
Buscar