Enxaqueca: dicas simples que fazem toda diferença

Tempo de leitura: 3 minutos

Enxaqueca: dicas simples que fazem toda diferença para alivia-la

Poucas coisas são mais chatas do que ter as atividades profissionais ou pessoais atrapalhadas ou até mesmo interrompidas por uma forte dor de cabeça, não é mesmo? Nessas horas, tudo que queremos é aliviar a enxaqueca para poder prosseguir com a nossa rotina.

4 dicas simples que fazem toda diferença para aliviar enxaqueca

A enxaqueca é um tipo de dor de cabeça caracterizada por sua recorrência e forte intensidade. Estima-se que ela atinja cerca de 20% das mulheres e de 5 a 10% dos homens, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cefaleia.

Existem vários fatores que podem desencadear uma crise de enxaqueca, como a ingestão de determinados alimentos ou a exposição a situações de estresse mas, em linhas gerais, ela é causada por um desequilíbrio bioquímico cerebral, que se manifesta levando em consideração fatores genéticos, ambientais e comportamentais.

Mas, afinal, o que podemos fazer para ficarmos mais confortáveis e aliviar enxaqueca durante uma crise? Confira nossas dicas!

1. Aposte na cafeína para aliviar enxaqueca

Uma xícara de café pode ser o suficiente para cessar ou, pelo menos, aliviar a enxaqueca. A princípio, a dica pode parecer estranha, mas a cafeína é um componente bastante comum em diversos medicamentos contra a dor de cabeça.

Mas nada de exagerar na dose, principalmente se não quiser ter o efeito contrário! Segundo especialistas, o consumo de cafeína mais de duas vezes por semana pode aumentar as dores de cabeça.

2. Faça refeições leves e mantenha-se hidratado

Quando a enxaqueca vem, comer pode ser uma das últimas coisas em que você quer pensar. Muitas vezes, no entanto, um jejum prolongado é justamente o causador da dor de cabeça, ou pode até agravar as crises.

Por isso, procure fazer uma refeição leve — nada de alimentos gordurosos ou muito doces! — e hidrate-se corretamente, seja com água ou com outras soluções hidratantes disponíveis em farmácias.

Só evite se alimentar se estiver vomitando. Nesse caso, o ideal é procurar um médico, para que ele prescreva uma medicação injetável e soro, evitando, assim, quadros de desidratação.

3. Tenha o medicamento sempre à mão

As pessoas que têm crises de enxaqueca frequentes devem ter seus medicamentos sempre à mão. De acordo com especialistas, quanto mais tempo você demora para tomar o remédio após o início da dor, mais resistente ela estará à medicação.

Com a correria do dia a dia, muitas vezes fica difícil ter tempo ou lembrar de passar em uma farmácia. Por isso, é uma ótima ideia poder contar com os serviços de uma farmácia online, que leva o medicamento até a sua residência e evita que você perca seu tempo saindo de casa para buscá-lo quando está ocupado com outros afazeres.

4. Invista na massagem

Quando sentir a chegada de uma crise de enxaqueca, invista na massagem para aliviar os sintomas. A prática é eficaz porque diminui a tensão e melhora a circulação, o que ajuda a combater a dor.

Isso acontece porque a cabeça é repleta de pontos energéticos que, quando ativados pelo toque das mãos, ajudam a restabelecer o equilíbrio corporal. Faça movimentos circulares nas laterais da cabeça e acima da testa e aperte e solte a região do crânio com pressão moderada. Para potencializar os resultados, realize a massagem no banho, já que a água quente ajuda a relaxar.

Seguindo essas dicas simples, é possível aliviar a enxaqueca e ficar longe dos seus desagradáveis efeitos colaterais. Nunca é demais lembrar, no entanto, que em casos mais graves ou persistentes, é importante consultar um médico da sua confiança.

Gostou desse artigo sobre como aliviar enxaqueca? Tem outros truques que funcionam com você quando a dor de cabeça chega com força? Então siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook para conferir mais assuntos interessantes como esse!

2 Comentários


  1. Bom dia estou sentindo uma enxaqueca muito forte 2x por dia a tarde na madrugada sempre localizada acima do olho direito

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *