Lentes de contato ou óculos: qual é o melhor?

Lentes de contato ou óculos

Segundo o censo de 2010 do IBGE, cerca de 35 milhões de brasileiros possuem algum tipo de problema de visão. Entre os principais, estão aqueles erros de refração, como miopia, astigmatismo, hipermetropia e vista cansada. Nesses casos, o tratamento é fácil, utilizando-se lentes de correção.

A correção pode ser feita com lentes de contato ou óculos. Com uma grande variedade de produtos, para diferentes objetivos e diversos “extras”, a escolha entre as duas opções pode gerar confusão.

Dependendo do caso, a opção mais indicada varia. Pensando nisso, separamos dicas para você descobrir qual é o melhor, lentes de contato ou óculos. É importante notar que este guia não é uma resposta definitiva; essa pode ser dada apenas por oftalmologistas, que sempre devem ser consultados antes de realizar a compra de uma lente corretiva.

Continue a leitura para saber mais!

Tipos disponíveis

Tanto os óculos quanto as lentes de contato aparecem com grande variedade, com soluções para diferentes tipos de problemas de visão e funções extras.

Óculos

Por um lado, os óculos apresentam maior variedade de função. Além da correção necessária, muitas versões modernas aparecem com outras características, como com tratamentos contra riscos, antirreflexo e até aqueles que filtram a luz azul danosa, que é emitida por telas eletrônicas, como computadores e celulares.

Antigamente, lentes com um grau elevado eram grossas e desconfortáveis, interferindo negativamente na estética. Porém, hoje em dia já é possível encontrar versões finas e confortáveis, comumente produzidas em resina. No fim das contas, o material de fabricação será definido principalmente pelo grau do problema de vista e orçamento.

Lentes de contato ou óculos - material da lente
O material das lentes de óculos depende diretamente do grau e problema de visão.

Lentes de contato

A grosso modo, existem dois tipos principais de lentes de contato: as rígidas e gelatinosas.

As rígidas são a opção mais recomendada para quem possui altos graus de problemas de visão. Como seu nome deixa claro, ela é firme, resistente a bactérias e duradoura. Ao mesmo tempo, elas podem incomodar o usuário.

Já as gelatinosas são mais confortáveis, sendo maiores e mais finas que as rígidas. São mais recomendadas para graus menores e permitem maior passagem de oxigênio.

Ainda existem as tóricas, que podem ser adquiridas tanto na versão rígida quanto gelatinosa. Ao contrário das tradicionais, ela apresenta curvatura em diversos ângulos, sendo recomendada para a correção do astigmatismo.

Conforto e estilo

Já que o uso de lentes de correção é necessário, muitos procuram modelos que consigam traduzir seu estilo e entregar conforto.

Lentes de contato

Por serem “invisíveis”, as lentes de contato não agregam diretamente ao estilo, com exceção das versões coloridas. Porém, ao optar por elas, a pessoa ganha maior liberdade para testar diferentes maquiagens nos olhos, que ficariam escondidas atrás dos óculos.

O conforto é um ponto polêmico. Há pessoas que se acostumam logo na primeira vez usando lentes de contato, porém há quem não consiga se adaptar. A recomendação é sempre ter um colírio próprio para usuários de lentes de contato, que podem aliviar o incômodo.

Com o tempo de uso, é comum que as pessoas se acostumem e nem sintam a lente no olho, porém é sempre bom testá-las antes de comprar. Para fazer isso, converse com o oftalmologista e veja se o consultório oferece um teste.

As lentes de contato coloridas podem ser interessantes para quem quer mudar o visual. Se antigamente elas deixavam uma aparência estranha e artificial, hoje boas lentes coloridas são mais naturais. A dica é sempre testar diferentes cores, lembrando que o tom final é afetado pela cor do olho original.

Lentes de contato ou óculos - estilo
As lentes de contato são bem variadas, com diferentes cores e intensidades.

Óculos

Uma das maiores vantagens do óculos está na grande variedade de estilos de armações, o que o torna um acessório fashion capaz de alterar o visual. Para quem deseja usá-lo com esse fim, é interessante procurar modelos que combinem com o formato do rosto.

  • Rostos ovais combinam perfeitamente com diversos estilos de armações, como as quadradas, ovais e oversized.
  • Os rostos quadrados têm como par perfeito as armações de gatinho, ovais ou redondas, sendo essas também ideais para rostos longos.
  • Em rostos no formato de diamante, as armações retas na parte superior e parte inferior ovalada são recomendadas, como o famoso modelo aviador.
  • Os rostos redondos combinam com armações quadradas e retangulares.

O conforto das armações depende, principalmente, de um bom encaixe no rosto. Peças de boa qualidade contam com diversas possibilidades de ajustes e manutenções, como alinhamento das hastes, o que aumenta o conforto e durabilidade, duas coisas importantíssimas para quem usa óculos na grande parte do dia.

Outro ponto do interesse sobre o conforto dos óculos está em como a armação encaixa na ponte nasal, região em que a maior parte do peso está distribuída. Quem utiliza óculos direto pode preferir opções com maior área de contato da armação com a ponte nasal, o que deixa o uso mais confortável.

Manutenção

A manutenção de lentes de contato ou óculos é necessária para manter o objeto em boa qualidade, aumentando sua durabilidade e preservando o conforto.

Óculos

A manutenção dos óculos exige uma série de cuidados diários para garantir que a qualidade do produto se mantenha por mais tempo. Para conseguir enxergar direito e sem problemas, é necessário limpar as lentes todos os dias.

Nunca utilize produtos corrosivos, como álcool, na limpeza e evite ao máximo o uso de papel, panos ásperos ou camisetas para secar; todos esses materiais podem riscar permanentemente as lentes.

Prefira limpar com água e sabonete neutro, ou solução própria para higienização de lentes, secando com paninhos específicos ou feitos de microfibra.

Lentes de contato ou óculos - limpeza
Sempre utilize produtos próprios para limpar os óculos.

Até a forma com que o óculos é retirado do rosto pode afetar sua estrutura. Sempre retire-os usando as duas mãos, pois puxar apenas de um lado pode quebrar tanto a haste quanto em volta da armação. Não é recomendado usar os óculos como tiaras, pois além de desregular as hastes, as lentes são prejudicadas.

Guarde sempre os óculos em uma caixa específica, com as lentes para cima. Dessa forma, eles ficam protegidos contra poeira e riscos. Nunca deixe a caixinha ou o óculos em contato direto com o sol, principalmente em horários de pico. Isso pode ocasionar a deformação da armação e perda de tratamentos antirreflexos.

Lentes de contato

Com exceção das versões descartáveis, que devem ser usadas por apenas um dia, todo tipo de lentes de contato exige manutenção. O cuidado mais básico é não utilizá-las para dormir, deixando sempre descansar em case apropriada, com solução própria para lentes de contato.

Existem diversas opções no mercado, com destaque para as que acompanham uma versão menor da embalagem, própria para carregar em uma nécessaire quando sair de casa. Dessa forma, é mais prático cuidar das lentes em viagens ou no trabalho.

Antes de sequer tocar nas lentes, é essencial lavar as mãos. Contaminar as lentes é fácil e pode gerar danos tanto no item quanto na saúde ocular.

Preços

Os preços de lentes de contato ou óculos dependem diretamente do tipo escolhido e do grau que foi indicado pelo médico. Quando falamos de óculos, o preço ainda depende da armação. Enquanto existem versões baratas, muitas grifes também as fabricam, com valores que podem chegar nos quatro dígitos.

Ao mesmo tempo, o prazo de validade das lentes é mais curto do que o dos óculos. Enquanto elas precisam ser trocadas diariamente, a cada seis meses ou anualmente, os óculos podem durar anos, dependendo apenas da manutenção, dos cuidados e da qualidade dos produtos.

A escolha entre lentes de contato ou óculos depende de todos os fatores citados. Se você procura por praticidade e estilo, os óculos são a melhor opção. Porém, se prefere deixar o rosto “livre” de armação, as lentes de contato podem ser mais ideais.

Independentemente da escolha, sempre converse com o médico responsável sobre o assunto. Além de testes, eles poderão detalhar as melhores opções para o seu caso, o que garante decisões mais acertadas.

Gostou das nossas dicas? Para receber novos textos sobre saúde e bem-estar, assine a nossa newsletter, preenchendo o formulário abaixo!

 

 


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *