skip to Main Content

Maquiagem e pele, manual do passo a passo

Maquiagem e pele – Manual do passo a passo e os produtos certos para cada tipo de pele

Você já deve ter ouvido por aí a frase “que me perdoem as feias, mas beleza é fundamental”, dita pelo escritor Vinicius de Moraes. Apropriando toda a licença poética do autor, “que me perdoem as ‘caras lavadas’, mas maquiagem é fundamental”.

Por isso, fizemos um passo a passo prático para ajuda-la a sentir-se bela da uma forma simples e rápida, tomando todos os cuidados necessários para manter uma aparência bonita e saudável.

Maquiagem e pele, manual do passo a passo

 Maquiagem é fundamental

  1. Pele, minha querida pele

A pele é a parte mais importante da maquiagem. Uma boa preparação garante um efeito bonito e mais duradouro. Além, claro, de diminuir os danos que os produtos podem trazer à cútis, garantindo sua hidratação e proteção.

  • Livre de Impurezas

Antes de começar a maquiagem, é importante manter a pele limpa. Lave bem o rosto com água corrente e sabonete próprio. Produtos como demaquilantes e fluidos de limpeza ajudam a garantir uma pele livre de impurezas. Assegure-se que ela esteja completamente preparada.

  • Tonificada

Depois da limpeza, é importante aplicar um tônico fácil. Ele ajudará a fechar os poros, dando à pele um aspecto jovem e saudável. Além disso, o tônico auxilia na recuperação de vitaminas e evita a oleosidade durante o dia. O tipo de tônico fácil deve ser escolhido de acordo com o tipo de pele (oleosa, mista ou seca).

  • Hidratada

Outro passo importante é manter a hidratação da pele antes de aplicar a maquiagem. Esse processo irá servir para devolver a água perdida durante o dia, seja pelo suor, ou pela pouca ingestão do líquido. A pele hidratada mantém a maquiagem mais bonita e evita o efeito de craquelação (quando a base fica aparente de forma desproporcional). Além disso, o uso de um bom creme, gel ou loção hidratante próprio para a pré-maquiagem faz com que a pele não seja agredida de maneira desnecessária pelos outros produtos. A escolha do que usar também deve ser de acordo com o tipo de pele: as oleosas ou mistas pedem produtos em gel ou loção. Já para as secas, o ideal é o creme.

  • Poder do Primer

Muitas vezes o primer não é levado em consideração durante o processo. Porém o produto é essencial para manter a maquiagem no rosto. Entre os benefícios, destacam-se uma textura lisa e própria para a aplicação da base, evitando que a maquiagem escorra ou borre durante o dia. Em versões específicas para o rosto, boca e região dos olhos (próprio para sombras), o primer é o melhor amigo para quem precisa ficar horas seguidas maquiada, sem precisar fazer retoques a todo o momento.

  1. A base é tudo

Como o próprio nome diz, a base é o item-chave para uma maquiagem de sucesso. Porém, a busca pelo produto perfeito pode ser mais difícil do que se imagina. É essencial conhecer todas as nuances de sua pele, como cor, subtom e tipo, para escolher a base ideal.

  • Tom

Cada pessoa tem uma tonalidade de pele. São muitas as variáveis, ainda mais levando em consideração o país em que vivemos, onde há uma miscigenação muito grande. Por isso, é importante ter pleno conhecimento de qual cor se encaixa melhor ao seu rosto. A dica é: nunca teste produtos no punho ou dorso da mão, já que muitas vezes as cores do rosto e pescoço são diferentes do resto do corpo. O ideal é aplicar o produto diretamente onde será realmente utilizado.

  • Subtom

Além do tom, cada pele tem seu subtom, e ele ajuda muito na hora de escolher a cor e o tipo da base. Esse modo de “medir a cor da pele” foi criada pela indústria da beleza com a finalidade de facilitar na escolha do produto. Para descobrir qual o seu, pode tomar como base a cor de suas veias. Caso elas sejam puxadas para o roxo, seu subtom é frio. Já se variarem em tons de azul, o subtom de sua pele é neutro. Veias marrons ou verdes correspondem a subtons quentes.

– Subtons frios: nesses casos, a base ideal é aquela que tem rosa, vermelho ou azul como cor de fundo. Considere as marcas que ofereçam tons como cacau, rosa e porcelana.

– Subtons quentes: escolha uma base com cor de fundo dourada, amarela ou pêssego. Considere as marcas que ofereçam tons como caramelo, dourado, areia, castanho e bege.

– Subtons neutros: se encaixar nesse grupo é uma vantagem, já que pode navegar entre os tons citados acima. Porém, o ideal é que encontre cores de fundo como castanho amarelado, marfim ou marrom.

A soma tom + subtom resulta na cor de base perfeita para o seu rosto.

  • Tipo

Existem três tipos de pele: oleosas, mistas e secas. Saber em qual grupo você se enquadra também é essencial na hora de escolher a base. Hoje o mercado oferece várias texturas, e cada uma delas se aplica melhor em cada uma dessas características. Veja como escolher a mais adequada para você.

– Peles oleosas: nesses casos, a base ideal deve ter textura opaca, líquida oil free ou em pó. O acabamento seco ajuda na absorção da oleosidade, diminuindo o brilho do rosto.

– Peles mistas: base em pó ou em bastão são as ideais para as peles mistas. A fórmula densa garante boa fixação do produto, resultando em uma aparência de hidratação.

– Peles secas: base hidratante, creme, liquida e mousse são ideais para peles secas.  Todas possuem água em sua fórmula e contribuem para uma aparência mais saudável.

A aplicação dos produtos deve ser feita com pincéis ou com os dedos, em leves batidinhas, para um acabamento mais natural.

  1. Corretivo

Líquido, pastoso, bastão, colorido. São muitas as opções de corretivos para disfarçar as temidas olheiras e imperfeições do rosto. Por isso, antes de escolher o produto ideal, é importante saber o que exatamente quer esconder. Aqui, para cada problema há uma solução.

  • Cor

Para os corretivos ‘padrão’, ou seja, cor da pele, o ideal é um produto um tom abaixo do escolhido para a base. Ele é curinga e pode ser aplicado nas regiões do rosto onde se encontram as imperfeições ou olheiras.

  • Colorido

Cada cor tem uma função no rosto:

– Amarelo: neutraliza olheiras mais escuras.

– Verde: ideal para a cobertura de acne e espinhas, além de neutralizar tons avermelhados na pele.

– Roxo: ajuda a matizar e uniformizar a pele para a aplicação do corretivo ‘padrão’.

-Laranja: ideal para correção de imperfeições em peles morenas e negras.

  • Textura

A textura do produto irá depender de qual é o objetivo da maquiagem e profundidade da imperfeição.

– Creme, pastoso ou bastão: indicado para cobrir grandes imperfeições e para produções mais pesadas, como maquiagens para a noite, por exemplo. Também é o mais aconselhável para peles muito secas.

– Líquido: com cobertura mais leve, é indicado para o dia e para cobertura de pequenas imperfeições. Ao contrário do que acontece com as bases, corretivos líquidos são ideais para peles mais oleosas.

  1. Pó-me-quer

O pó pode ser o melhor amigo de uma mulher durante o dia, uma festa ou ocasiões especiais. Isso porque ele tem o poder de retocar a maquiagem de forma rápida e prática. O produto também é fundamental para dar acabamento durante o processo e, talvez, seja o mais acessível e de fácil acerto. Ele deve ser do mesmo tom escolhido para a base e é aconselhável ser testado direto na área de aplicação, ou seja, o rosto.

  • Pó compacto

Pó compacto é o mais famoso da categoria. Oferece alta cobertura e é ideal para ajudar a esconder as imperfeições da pele. Ele pode ter outras funções de acordo com suas características: iluminador (se tiver brilho), ou para contorno (se for opaco e mais escuro que a pele).

  • Pó solto

O pó solto é ideal para retirar o brilho da pele. Indicado para as mais oleosas, ele ajuda na durabilidade da base e corretivo.

  • Pó Translucido

Quase sem cor, o pó translucido é suave e serve para selar a base e corretivo sem alterar a cor da pele. Também é indicado para aqueles dias que não quer se maquiar, mas deseja esconder de forma sutil as imperfeições e oleosidade.

  • Pó mineral

Desenvolvido para todos os tipos de pele, o pó mineral, como o próprio nome sugere, só tem componentes naturais e nenhum conservante. Por isso, agride menos a pele.

  • Pó bronzeador

O nome já diz, é para dar efeito bronzeado. Bastante comum nas estações quentes, pode ser usados desde as peles mais claras até às negras, sejam elas secas, mistas ou oleosas.

  1. No fundo dos olhos…

Há quem diga que o ponto que mais chama atenção no rosto são os olhos. São eles também que vão carregar a verdadeira identidade da maquiagem. Isso porque é nessa região que pode haver o maior número de variações de cores, formas e brilhos de acordo com o propósito: festas, dia a dia, casamento, carnaval… Mas uma coisa é unanimidade: um bom delineador e uma camada grossa de rímel fazem toda a diferença qualquer que seja o seu destino.

  • Sombras

O mercado da beleza oferece uma infinidade de cores de sombra. Compactas ou cremosas, a dica é escolher palhetas de acordo com o seu estilo: existem as com cores terrosas, que compõem maquiagens mais clássicas, em tons que variam do preto, nude e marrons, e as mais coloridas, com glitter, que fazem looks mais ousados e chamativos. É possível encontrar palhetas maiores, que reúnem os dois mundos em apenas um lugar.

O ideal é que aplicação seja feita com um pincel, para que fique mais precisa e esfumada.

  • Delineador

Além de várias texturas, é possível encontrar diversas cores de delineador. Porém, os mais comuns são os pretos e marrons. Eles são básicos e podem se encaixar em qualquer tipo de maquiagem.

-Líquido e em gel: são ideais para olhos grandes ou puxados, para traços finos ou grossos rentes aos cílios.

– Caneta: aconselhado para quem tem olhos pequenos ou caídos, permite um traço mais grosso e preciso.

  • Rímel

Item indispensável, o rímel é quase tão importante quanto uma pele bem preparada. A vantagem é que aqui o excesso é permitido. Ele alonga, curva e dá volume aos cílios e faz toda a diferença na maquiagem.

Para cílios finos e espaçados, volume é ideal. Utilize aplicadores cheios e macios para conseguir esse efeito.

– Os cílios curtos pedem escovas finas e com cerdas mais duras. Elas vão pentear cada pelo, alongando-os e mantendo-os no lugar.

– Os aplicadores “cobrinha”, com uma espécie de ondulação em seu formato, tem o objetivo de atingir toda a extensão dos fios, o que permite a aplicação do rímel de maneira mais uniforme.

– Para cílios mais curvados sem a utilização de curvex, o ideal é investir nas escovas curvas, o que garante um olhar mais aberto.

Além disso, é possível encontrar diferentes cores no mercado.  Os pretos escurecem os fios e levantam o visual. Já os marrons oferecem um efeito natural aos cílios e são ideais para pessoas de pele clara. Os transparentes, além de ajudar com a sobrancelha, podem ser utilizados por quem tem cílios naturalmente volumosos e deseja um efeito mais natural. É possível encontrar ainda os coloridos, que são ótimos para dar um ar moderno e divertido ao look.

  1. Blush, blush, blush

O blush é o responsável para dar um ar saudável ao visual, porém, se escolhido de forma errada, pode ser o maior vilão da maquiagem. A principal dica é: escolha a cor de acordo com o tom da sua pele.

– Pele clara: os produtos puxados para os tons pastel dão aspecto mais natural nesses casos. As cores pêssego, rosado e bege são as mais aconselháveis.

– Pele amarela ou oriental: o ideal é a escolha por tons rosados, com pigmentos em bronze ou marrom.

-Pele morena: tons terrosos encaixam perfeitamente nas morenas, principalmente os que têm pigmentação dourada ou em bronze.

– Pele negra: blushes terracota são os mais indicados para as negras. Vinhos e marrons, com pigmentos dourados e em bronze, vão destacar e dar mais saúde para esse tom de pele.

Os produtos podem ser encontrados nas versões opaca e brilhante e devem ser aplicadas com pincel.

  1. Quanto mais batom… melhor

Assim como as sombras, hoje não existem regras para os batons. Entre a infinidade de cores que o mercado oferece, das mais escuras para as mais claras, todas são permitidas em qualquer situação.

O batom também define qual o estilo: seja clássico ou ousado, o que importa mesmo é que a aplicação seja perfeita.

  • Hidratação

Assim como a pele, é importante manter a boca hidratada. Os balms são ideais para realizar esse processo.

  • Preparação

Aplique na boca a mesma base utilizada na pele. Isso irá ajudar a destacar a cor e vai facilitar na aplicação do produto.

  • Contorno

Contornar os lábios, reforçando as linhas que limitam a boca, facilita muito na aplicação perfeita do produto. Nesses casos, pode utilizar lápis labial da mesma cor do batom escolhido ou da cor de sua pele.

  • Aplicação

Após desenhar os lábios, basta preenche-los com o batom escolhido.

É hora de arrasar!

Criamos este passo a passo para você conhecer as técnicas de maquiagem e os produtos adequados em cada fase, para cada pele. Então, agora que você já está expert no assunto, aproveite para ousar e inovar. Teste novas combinações, veja o que fica melhor para cada momento do dia, e não esqueça de contar os resultados pra gente.

Assine a nossa newsletter e fique por dentro de outros assuntos relacionados e curta a nossa página no Facebook para saber de muitas outras novidades!

maquiagem

Compartilhe:
Este artigo tem 2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
×Close search
Buscar