skip to Main Content

O que é Osteoporose? Tire suas dúvidas da doença

O que é Osteoporose? Tire suas dúvidas da doença

O que é Osteoporose ? Você já deve ter tido algumas dúvidas sobre o que é osteoporose. É uma doença bastante comum e que afeta, de forma prevalente, o público feminino. Ela tem múltiplas causas e, quanto melhor for a sua alimentação e qualidade de vida, menos chances você terá de desenvolvê-la.

Quer saber mais sobre essa doença e como se prevenir? Então continue a leitura!

O que é Osteoporose? Tire suas dúvidas da doença

O que é osteoporose?

A osteoporose é uma doença metabólica que acomete o corpo de forma sistêmica, ou seja, todos os ossos. Ela é caracterizada pela fragilidade dos ossos, que ficam mais porosos, aumentando assim a chance de fraturas, especialmente em idosos.

Como ocorre em qualquer outro tecido do nosso corpo, o tecido ósseo se renova a cada instante. Enquanto você está lendo esse texto, por exemplo, dentro do seu corpo está ocorrendo a produção de tecido ósseo pelos osteoblastos. A parte do tecido que vai ficando velha é destruída pelos osteoclastos.

Assim, sempre há o equilíbrio entre esses 2 grupos celulares em uma pessoa saudável. Alguém com osteoporose possui um desequilíbrio entre a síntese e a destruição de tecido ósseo. Há mais osteoclastos trabalhando e os osteoblastos não conseguem acompanhar a demanda.

Quais as causas dessa doença?

Diversos são os motivos que levam uma pessoa a ter osteoporose, mas há alguns que interferem mais, como os que estão abaixo:

Deficiência de cálcio

Quem nunca ouviu falar que beber leite deixa os ossos mais fortes? Isso se deve a grande quantidade de cálcio que esse alimento tem, sendo esse mineral essencial para a formação dos ossos. Ele é extremamente importante durante o crescimento já que, nesse período, a formação óssea é muito acelerada.

O reservatório de cálcio do nosso corpo fica dentro dos ossos e é enviado para outras partes do corpo diariamente. Mas é necessário manter essas reservas em equilíbrio para não comprometer a matriz óssea.

Quando não há uma quantidade ideal mínima diária desse nutriente na alimentação ou quando a absorção do organismo é deficiente, os ossos ficam prejudicados. Assim, não haverá cálcio suficiente para a formação do esqueleto.

Menopausa e envelhecimento

Essas são as causas principais da osteoporose e não é por acaso que 80% das pessoas com a doença estão nessas duas classes: idosos ou mulheres na menopausa.

Quanto à idade, precisamos entender que a perda de densidade óssea é um processo natural do nosso corpo. Assim, a partir dos 35 anos de idade, é normal que percamos parte da nossa massa óssea e é por isso que precisamos adequar a nossa alimentação ou então consumir um suplemento de cálcio e vitamina D.

Quando a mulher para de menstruar, o corpo cessa a produção de um hormônio chamado estrogênio. Ele, quando presente, retarda a perda óssea, pois uma de suas funções é carregar o cálcio para dentro dos ossos. Na ausência desse hormônio, a densidade mineral dos ossos é diminuída, o que torna a mulher mais suscetível a fraturas.

Nos homens, a partir do momento que passam a produzir menos testosterona, também acontece perda óssea, mas de forma menos acentuada.

Há outras doenças associadas que podem causar, como consequência, a osteoporose: acromegalia, doença celíaca, Síndrome de Cushing e outras.

Quais os principais sinais e sintomas?

Infelizmente, a osteoporose é uma doença silenciosa e, se você não costuma fazer um check-up todos os anos, quando descobri-la, pode estar já bastante avançada. Nesse estágio, alguns sinais e sintomas podem aparecer como:

  • dor no pescoço durante a movimentação devido a uma possível fratura nas vértebras;
  • postura cifótica;
  • dor na região da coluna lombar;
  • diminuição da estatura devido à perda óssea.

Qual é o tratamento?

Outro ponto negativo da doença é que ela não tem cura, mas pode ser controlada. Como já dissemos no início desse post, o grande problema da doença são as fraturas. Mas a boa notícia é que elas podem evitadas tomando alguns cuidados e redobrando a atenção.

O tratamento vai depender da causa. Podem ser utilizados medicamentos, suplementação de cálcio, terapia de reposição de estrogênio e fisioterapia para fortalecimento muscular.

Agora que você já sabe o que é osteoporose e que o envelhecimento é uma das principais causas, veja também as causas da calvície e como controlá-la!

Compartilhe:
Este artigo tem 1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
×Close search
Buscar