Termômetro para bebês

Tempo de leitura: 3 minutos

Termômetro para bebês

A saúde dos bebês demanda monitoramento constante. Entre consultas regulares com o pediatra e todos os cuidados realizados em casa, um item muito importante pede atenção especial: a temperatura corporal dos pequenos. O bebê está ou não com febre? Ter um termômetro em casa é fundamental para responder a essa pergunta adequadamente, mas… qual é o termômetro mais indicado para bebês?

termômetro para bebês

Há muitos modelos no mercado, mas os mais usados e acessíveis são os termômetros de mercúrio e o digital. A gente te conta qual é a melhor opção neste artigo. Acompanhe.

Termômetro de mercúrio X termômetro digital

Durante muitos anos a temperatura corporal de bebês, crianças e pessoas adultas foi medida utilizando-se o termômetro de mercúrio. Este é aquele modelo de vidro, que possui uma ponta metálica sensível ao calor e que contém, em seu interior, um líquido vermelho, que é o metal mercúrio.

Esse tipo de termômetro deixou de ser vendido e usado nos sistemas de saúde brasileiros a desde janeiro de 2019, por determinação da ANVISA. Por quê?

Enquanto íntegro, o termômetro de mercúrio é inofensivo, porém, se violado ou quebrado ele se torna muito perigoso, pois o mercúrio é um metal altamente tóxico, capaz de poluir o ar, o solo e a água. Além disso, pode causar intoxicações graves, se absorvido por inalação ou contato.

E agora? Qual o tipo de termômetro mais indicado para os bebês?

A melhor alternativa para os pais é termômetro digital. Embora existam também os modelos de infravermelho e o auricular, o digital é o termômetro mais indicado para bebês: é fácil de encontrar, de utilizar, é o que apresenta as leituras de temperatura mais corretas e possui preços acessíveis. O único cuidado a ser tomado é adquirir marcas que tenham o selo do INMETRO.

Este selo é a garantia de que o termômetro digital realmente funciona perfeitamente. Afinal, a temperatura corporal dos bebês deve ser medida com precisão, pois interfere em medidas e cuidados com a saúde da criança.

Como evitar erros ao utilizar o termômetro digital

Somente pelo fato de não conter substâncias tóxicas, o termômetro digital é mais seguro e confiável para o uso em bebês, mas é preciso utilizá-lo corretamente para evitar enganos. Veja nossas dicas:

  1. Quando usar o termômetro, preste atenção se a ponta termossensível está em contato com a pele. Se ela ficar em contato com o tecido da roupa, o resultado apresentado pode não ser verdadeiro.
  2. A temperatura deve ser medida na axila. Se houver dúvidas sobre como fazê-lo, peça ao pediatra que lhe ensine a forma mais adequada para cada situação.
  3. Espere cerca de 20 minutos após o banho para que a temperatura corporal do bebê se estabilize e só então faça a medição. Resultados maiores ou iguais a 37,5°C indicam febre. Menores que 35,5°C, hipotermia. Procure assistência médica em ambos!

Como esse aparelho utiliza bateria, uma das preocupações dos pais é com resultados errados, caso ela esteja fraca. Não se preocupe com isso! Os termômetros testados pelo INMETRO geralmente avisam que a bateria está fraca ou se apagam, mas não exibem medições incorretas.

Por seu perfil de segurança, facilidade de acesso, precisão de resultados e praticidade de uso, o termômetro mais indicado para bebês é o digital. Sempre que houver suspeita de febre, não hesite, faça a medição.

Lembre-se: para cuidar bem da sua saúde e de sua família, é importante estar bem informado! Assine nossa newsletter e mantenha-se sempre atualizado.

Gostou desse artigo? Então siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook para conferir mais assuntos interessantes como esse!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *