skip to Main Content

Tratamento da pneumonia: como é feito em casa e no hospital?

A pneumonia é uma doença que acomete os pulmões, provocando uma infecção generalizada que pode ser causada por variados motivos. A gravidade da enfermidade varia de leve até o risco de morte. Entretanto, qual é o tratamento da pneumonia mais indicado para cada caso, uma vez que a doença pode afetar pessoas de todas as idades?

A seguir, você vai entender mais sobre a enfermidade e qual é o tratamento de pneumonia ministrado pelos médicos. Acompanhe!

O que é pneumonia?

A infecção acontece por conta da presença de algum componente estranho que penetra o sistema respiratório, chegando até o espaço alveolar. Em vista disso, é provocada uma reação inflamatória intensa, como um modo do organismo expulsar o elemento invasor. Geralmente, o processo inflamatório é desencadeado por algum vírus ou bactéria, porém, outros agentes irritantes também podem ser ocasionar o problema, tais quais fungos e reações alérgicas.

É a partir dos alvéolos que ocorrem as trocas gasosas durante a respiração, trazendo oxigênio para a corrente sanguínea e retirando o gás carbônico para ser expirado. Por isso, a inflamação nesse tecido é perigosa, uma vez que afeta diretamente a função básica da sobrevivência.

Quais são as causas?

Muitas bactérias e fungos presentes no ar, principalmente no inverno, podem causar a doença, sendo a mais comum a pneumonia bacteriana, cujo tratamento é a base de medicamentos. Já a pneumonia viral pode ser curada de modo espontâneo.

Em geral, a doença se desenvolve por outros problemas de saúde, como garganta inflamada e gripe. Em pessoas com o sistema imunológico fortalecido, a pneumonia é facilmente controlada. Já em indivíduos debilitados, ela tende a se manifestar de modo mais agressivo.

Quais são os fatores de risco?

A pneumonia pode afetar qualquer pessoa, entretanto, as crianças até 2 anos e os indivíduos acima de 65 estão mais suscetíveis a contraírem a mazela. Também, há outros casos nos quais é possível contrair a doença:

  • hospitalização — pessoas internadas em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), principalmente as que fazem uso de ventiladores;
  • doenças crônicas — asma, doença cardíaca e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC);
  • tabagismo — o cigarro prejudica as defesas naturais do corpo;
  • baixa imunidade — pacientes portadores de AIDS, transplantados e que estão sob a ação de quimioterapia.

Quais são os sintomas?

Saber identificar os sinais de pneumonia é fundamental para tratar e curar a doença de maneira mais eficaz. Os principais sintomas são:

  • febre alta (acima de 38°);
  • tosse e falta de ar;
  • secreção amarelada;
  • dor no peito ao respirar;
  • enjoo e vômito;
  • diarreia;
  • cansaço.

Como é feito o tratamento da pneumonia?

​Se a pneumonia é causada por uma bactéria, o tratamento é feito por meio de medicamentos, que duram cerca de duas semanas. Já nos primeiros dias, a febre tende a abaixar, pois os níveis de toxinas no sangue diminuem. Os demais sintomas desaparecem ao longo do tempo.

Se a pneumonia for viral, o controle é sintomático. Ou seja, os sintomas são tratados até que o corpo do paciente esteja fortalecido para combater o vírus. O tratamento é feito em casa, podendo haver internação, caso não haja resposta positiva do organismo.

Como é feita a prevenção?

Embora existam tratamentos de pneumonia considerados de ponta, é importante saber como prevenir a doença. Então, siga as dicas recomendadas pelos pneumologistas:

  • mantenha boa higiene das mãos;
  • não fume;
  • fortaleça o sistema imunológico;
  • coma de maneira saudável, durma bem e pratique exercícios físicos regularmente;
  • mantenha os ambientes bem ventilados;
  • trate bem de resfriados e gripes.

Como você pôde ter visto ao longo do artigo, a pneumonia é uma doença que deve ser tratada logo no início, a fim de evitar complicações graves. Por isso, fique atento aos sintomas e faça o tratamento da pneumonia recomendado pelo médico, seguindo todas as orientações. Lembre-se de que é importante cuidar da saúde para viver bem todos os dias!

Saiba como se prevenir das doenças de inverno, conferindo as dicas que preparamos para você!

 

Compartilhe:
Este artigo tem 16 comentários
  1. Como posso saber se fui curado de uma pneumonia?
    Depois de ter tomado a medicação a tosse voltou muito pior.
    Pode se fazer um raio x pra saber se o pulmão está sem manchas?

    1. Eu não estou com tosse eu também não fui al médico eu auto me mediqueim e eu estou me sentindo bem melhor do que eu estava eu estava me sentindo muito cansada agora não mais cansada mais um pouco de sensação de que estou sufocada as vezes bem pouco oq fazer

      1. Bom dia, Patrícia! A automedicação pode causar diversos problemas, e nunca deve ser feita para além de sintomas leves.

        Procure não repetir a automedicação, mas fique de olho em seus sintomas e também emocional. Esperamos que fique bem!

  2. Boa tarde vou com tosse já faz pouca mais de um mês, devido ao covid-19 me orientar o a ficar em casa mas não me rejeitaram nenhum medicação, então agir por conta própria e estou tomando amoxilina de 8em 8 hs e xarope ambroximel mas ainda sinto dores no peito e tosse seca me ajudem por favor .

    1. Bom dia, Everton! Há diversos motivos para os seus sintomas, mas é comum ficar mais receoso devido à pandemia. Recomendamos que procure as indicações da sua prefeitura e acompanhe seus sintomas de perto – caso sinta piora, será necessário buscar ajuda médica, tudo bem? Desejamos sorte!

  3. Everton moro no rio de janeiro e eu estava sentindo coisas parecidas com o que vc citou e com o mesmo tempo. Para eliminar a tosse eu usei de início pastilhas valda e um xarope com nome de cloridrato de ambroxol. Agora sinto-me bem, porém sei que preciso ir a um médico pois não tenho tosse, nem febre, nem espirros, mas se for pneumonia é melhor procurar um medico pois ainda sinto um gelo no meio das costas

  4. Boa tarde, dia 6 de abril passei muito mal com falta de ar forte e fui internado num hospital particular , após teste foi constatado Covid 19 e fiquei internado por 12 dias..fiquei 7 dias somente no oxigênio no quarto e tomei Azitromicina+ Hidroxicloroquina por 6 dias e Amoxilina na veia por 10 dias…fiz 2 chapas do pulmão e uma tomografia antes de internar que mostrou a pneumonia viral. Após exames clínicos normais, me deram alta após esses 12 dias…já estou em casa desde então, ou seja, uns 20 dias, não sinto falta de ar , mas as vezes sinto mal estar, aperto no peito e cansaço….tenho a impressão as vezes que o coração está arritmico….esses sintomas são normais no tempo de recuperação ??? Qual o tempo correto para total recuperação ??? Desde já muito grato.. Abraços..

  5. Tou com 16 dias que tive covid19 tomei azitromicina 3 dias a dor no peito passou mais senti um pouco de dor e vou teu atrapalha e passei mau e desmaiei o que devo fazer passa 14 dias de atestado de dia 1 de maio a 14 de maio e dia 15 16 trabalhei mais dia 16 passe mau e desmaiei o devo fazer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
×Close search
Buscar